Grupo de trabalho empresarial EURES transfronteiriço Andaluzia-Algarve para reforçar a colaboração entre as duas regiões, promovido pelo CEA.

  • Juntamente com a Federação Onubense de Empresários (FOE), o CEA está a trabalhar para reforçar a cooperação transfronteiriça entre as organizações empresariais da Andaluzia e do Algarve, como o Núcleo Empresarial da Região do Algarve (NERA) e a Associação Empresarial de Comércio e Serviços da Região do Algarve (ACRAL).

Esta colaboração faz parte do Comité Empresarial Andaluzia-Algarve do Projeto Transfronteiriço EURES Andaluzia-Algarve, financiado pela União Europeia, para promover a mobilidade de empresas e trabalhadores de ambas as regiões. Nos seus planos a curto prazo, as quatro organizações empresariais assinarão um acordo para partilhar informações e realizar acções conjuntas para enfrentar os desafios que partilham: sustentabilidade ambiental, promoção da digitalização, reforço do empreendedorismo e redução das barreiras físicas e burocráticas.

A formação de profissionais para aumentar a competitividade, o desenvolvimento do turismo, da logística e da agroindústria, bem como a promoção da transição energética e a gestão da seca foram os principais temas da sessão de trabalho de segunda-feira. Para além destas questões fundamentais, outros desafios incluem a melhoria das ligações ferroviárias entre a Andaluzia e o Algarve.

Esta reunião marca um passo significativo no sentido de uma colaboração mais estreita entre as associações empresariais da Andaluzia e do Algarve, com o objetivo final de promover o crescimento económico e a prosperidade em ambas as regiões.

Na galeria de fotos, os participantes na sessão de trabalho:

Em nome do NERA (Associação Empresarial da Região do Algarve), João Amaro e Marco VieiraA Comissão Executiva e o Diretor Executivo; em nome da ACRAL (Associação do Comércio e Serviços da Região do Algarve), Ana FernandesDiretor Executivo; em nome da FOE (Federación Onubenses de Empresarios), o seu Diretor da Área de Organização e Ação Institucional, Daniel Caldenteye, por parte da nossa Confederação, Luis Fernández-PalaciosSecretário-Geral do CEA, e Miguel GuardiolaDiretor de Relações Internacionais do CEA.

Compartir

Leave a comment